10 Dicas para não cair nos Golpes do Falso Emprego

Falsas vagas de Empregos

Ofertas de empregos falsas são, em qualquer época, muito comuns porém, em tempos de crise econômica, o número de pessoas que estão à procura de emprego aumenta muito. Nessas ocasiões aparecem os golpes de falsos empregos com promessas enganosas, taxas para “segurar” o emprego e outras armadilhas.

Os golpistas contam com o desespero das pessoas em conseguir um emprego. Mas, como podemos descobrir se uma oferta de emprego é real? Quais são os sinais que podem indicar que a tal vaga de emprego não passa de um golpe? Veja as dicas a seguir.

  1. Desconfie de supostas vagas colocadas como urgentes anunciadas em grupos de mensagens como WhatsApp, Facebook e outras redes sociais

Tenha cuidado com ofertas de emprego que são anunciadas em grupos do WhatsApp, Facebook, Instagram, Twitter e outras mídias sociais, principalmente se elas estiverem com palavras como “urgente, últimas vagas” ou que oferecem salários incompatíveis ou fora da realidade.

Geralmente, as vagas falsas procuram estimular a clicar em links que levam  para páginas de vírus e outros malwares que funcionam como “iscas” ou do inglês (phishing), que tentam pegar informações sensíveis através de formulários em páginas de sites falsos.

Fique desconfiado da oferta de emprego, mesmo se uma alguém de sua confiança a esteja divulgando. Ela pode estar apenas compartilhando a vaga com a intenção de ajudar amigos ou parentes à procura de emprego. Se ficar em dúvida, entre em contato com a empresa que está sendo mencionada no anúncio.

  1. Nunca acredite em promessas de “vagas garantidas”

Não acredite em anúncios de empregos que estejam prometendo vagas garantidas.  Geralmente, são vagas ofertadas por agências que exigem um pagamento de um curso ou treinamento que irão habilitar o candidato à suposta vaga e depois não entra mais em contato ou desaparece.

As empresas sérias deverão primeiro entrevistar ou fazer um teste os candidatos. a fim de não se fazer contratações ruins para as empresas que contratam os serviços de agências. Não existe formas de se garantir uma vaga.

  1. Pule fora, se tiver de pagar pela vaga

Depois de você fazer entrevistas, entregar documentos ou até mesmo por treinamentos, você é informado de que precisa pagar para realizar um exame, fazer um teste psicológico ou apenas para “segurar” a vaga, tenha

Não faz sentido. Serviços de recrutamento são pagos pelas empresas para direcionar profissionais. O trabalhador não deve ser impedido de assumir a vaga por falta de pagamento de nenhum tipo taxa.

  1. Só use sites de empregos reconhecidos

Existem muitos sites com ofertas falsas por aí. Se você for usar um desses serviços, faça uma pesquisa antes de fazer seu cadastro. Sites como Manager, CIEE, GetNinjas (para freelancers) e trampos.co (para profissionais de TI). Porém, alguns destes sites são pagos.

O LinkedIn é um bom canal para se encontrar vagas. Pode ser interessante seguir as empresas de seu interesse. O LinkedIn foca as relações profissionais e, muitas delas anunciam oportunidades de trabalho.

  1. Desconfie de salários muito altos ou benefícios muito vantajosos

Desconfie de salários e benefícios muito altosSe o salário oferecido é muito superior à média do mercado, os benefícios são vantajosos demais ou existe um aviso de não é preciso experiência, muito provavelmente é um algum tipo de golpe, onde será exigido o pagamento de algum “curso” ou “treinamento”.

Os salários elevados são para cargos altamente qualificados e que irão exigir testes muito rigorosos

  1. Se a empresa for elogiada demais, podem ser uma tentativa de enganar

Quando uma empresa entra em contato para fazer uma entrevista, ela deseja saber se a pessoa possui as habilidades necessárias para o cargo oferecido.

Sendo assim, desconfie se o entrevistador  gastar muito tempo elogiando a empresa, do que você pode conquistar, dos prêmios, etc.  Se isso ocorrer, pode ser que estejam desejando lhe impressionar, a fim de que você concorde com o que estão oferecendo. Às vezes não se trata de uma vaga de emprego, mas um esquema de pirâmide

  1. Você é perfeito para a vaga, mas precisa ajustar seu currículo? Fique alerta!

Entram em contato com você lhe informando que você possui o perfil perfeito para a vaga e até faz elogios seu currículo. Mas, ele informa que é preciso fazer um novo cadastro o refazer seu currículo.

Fique esperto! Não tenha receio de perder a suposta vaga. É bem possível que dirão que você precisará pagar  para  refazer seu currículo para que ele fique “ajustado” ou tenha de fazer algum curso. Não funciona assim. Se for necessário algum tipo de curso ou treinamento, a empresa não deverá cobra nada por isso.

  1. Se você não comparecer urgente à empresa, perderá a vaga? Pule fora!

Uma suposta empresa liga para você por telefone ou pelo WhatsApp, dizendo que uma vaga urgente está disponível para seu perfil. Mas, para não perder a vaga você deve ir até a empresa dentro de duas horas, para que o cargo não fique para outra pessoa.

Essa costuma ser uma maneira de gerar o sentimento de urgência na pessoa, para que ela saia correndo de casa para não perder essa chance. Nesse caso, a pessoa poderá ser vítima de algum tipo de golpe, onde poderá ser pedido algum pagamento indevido.

  1. Pesquise a agência ou empresa oferecendo a vaga

Mesmo que uma empresa ou agência de empregos não levante suspeitas, vale muito à pena fazer uma pesquisa rápida no Google, ver se existe reclamações no site do Reclame Aqui.

Ao fazer isso, encontrará de forma rápida qualquer indício de reclamações sobre a empresa. Uma ótima ideia, é entrar em contato com RH da empresa, a fim de poder saber se a agência ou serviço foi realmente contratada para realizar o processo de seleção.

  1. Nunca assine nada antes de ler e tire cópias de todos os documentos

Tudo parece estar ok com a vaga? Tenha calma agora e  leia todos os documentos antes de assinar. Os termos de contrato de trabalho devem ser claros. Se for possível, peça ajuda de um advogado de sua confiança. Também cheque se as promessa feitas verbalmente estão registradas no documento. Todo esse cuidado é muito pouco para que você fique livre de falsas vagas de emprego.

Tenha em seu poder todas as cópias dos documentos assinados e de comprovantes. Exija uma via dos contrato assinado.

Conclusão

Tem crescido de forma vertiginosa o número de vítimas de falsas vagas de emprego, afetando principalmente as pessoas desesperadas à procura de uma colocação no mercado de trabalho e, – ainda mais em tempos de pandemias – por isso, todo o cuidado é pouco.

Compartilhe nossa página e obrigado pela leitura.

Leia também: