Ser Empregado ou Empreendedor?

Ser Empregado ou Empreendedor?

Saiba quais as vantagens e desvantagens de cada opção.

Ser empreendedor ou empregado?Estar empregado ou ser empreendedor? Qual a melhor opção para você? Em certo pondo da vida muitas pessoas têm essa dúvida. Pois, parece ser mais interessante correr o risco de ser dono do seu próprio negócio e ganhar mais liberdade ou desenvolver mais habilidades a fim de crescer na carreira e ganhar uma promoção. Qual seria a melhor opção?

Neste artigo você verá:

Ser empregado registrado ou ser empreendedor, isso dependerá do momento. A resposta para essa pergunta irá depender se seu caso. Muitos fatores devem ser levados em conta para se ter uma resposta e ela irá varia de pessoa para pessoa.

As vantagens do empreendedor

Para poder facilitar a avaliação das melhores alternativas para o momento que se vive, veja abaixo a lista com as principais vantagens e desvantagens de cada uma delas.

Autonomia

A autonomia, sem dúvida, é uma dos principais atrativos para quem deseja se tornar empreendedor. Mas, é bom ter em mente que quando você se torna empreendedor, ainda que possa decidir por quase tudo, você mesmo é que terá de arcar com as consequências de suas decisões.

Além disso, muitas pessoas que se tornam empreendedoras, principalmente no início do negócio, não têm o mesmo tempo disponível do que tinham quando estavam empregados. Muitos tem que fazer horas extras, trabalham em fins de semana quase não tiram folgas.

Você trabalha para si mesmo

A principal vantagem de ter um negócio seu, é que você trabalha para você mesmo. Quanto mais seu negócio der retorno de seu investimento, mais dinheiro poderá ganhar e aumentar seu patrimônio.

Sua possibilidade de ganho é ilimitada

Seu negócio dando resultados, você pode ganhar muito dinheiro, não tendo um limite de valor para esse retorno. É muito diferente do trabalho assalariado, onde se recebe um valor mensal fixo.
Você poderá realizar seu sonho

Se tornar u empreendedor de sucesso é um grande sonho que passa na cabeça de grande parte dos brasileiros. Para muitos, ser dono do próprio negócio é sinônimo de sucesso, possibilita ganhos melhores, concede independência maior e autonomia para elaborar as coisas do seu próprio jeito.

O grande problema é que há existe aí uma contradição. Os que sonham em empreender também precisam pagar as contas todo final de mês e nem sempre as coisas ocorrem como gostaríamos. Como estavam acostumados a receber o salário contado quando ainda eram empregados, alguns não consideram o risco envolvido. E, assim, acabam por ficar frustrados e desistem ao se deparar com a primeira dificuldade. Então, é preciso pensar e planejar muito bem antes de deixar a vida de empregado e se aventurar como empreendedor.

Você consegue atuar em diferentes áreas

Como empreendedor, é bem provável que você vá se envolver em todas as áreas da empresa, principalmente no início da operação, quando ela tende a ter uma estrutura mais enxuta. Isso tem a grande vantagem de transformar você em um profissional mais completo.

É bem provável que você, como empreendedor se envolva em todas as áreas da empresa, especialmente no início do empreendimento, quando a sua estrutura é mais simples. Isso resulta na vantagem de transformar você em um profissional mais completo e dinâmico.

Diluição de risco

Conforme a área em você atuar como empreendedor, o seu risco de perder toda sua renda de uma só vez irá diminuir. No caso de você possuir uma consultoria, dificilmente irá perder todos os clientes de uma ora para outra. No caso de ser empregado, por outro lado, ao ser demitido você perderá 100% de seu rendimento.

Vantagens de trabalhar como empregado

É óbvio que trabalhar de carteira assinada no regime CLT tem as suas vantagens e devem ser levadas em consideração no momento em que aparece a oportunidade de atuar como empreendedor.

O salário fica disponível todo mês 

Isso, por si só, já é uma das grandes vantagens iniciais frente a escolha de um negócio próprio em que se precisa ter um valor inicial para se investir. Quando se tem um emprego registrado, existe a garantia de que seu salário estará disponível todos os meses. A desvantagem é que as surpresas existem, quando nas crises econômicas as empresas são obrigadas a diminuir seu quadro de funcionários.

Você tem benefícios garantidos por lei

Férias, 13° salário, horas extras, tudo isso tem de ser pesado na balança das vantagens e desvantagens, nos riscos envolvidos.

Você tem plano de carreira

Como empregado de uma empresa, você poderá ter a possibilidade de fazer um plano de carreira e conseguir uma promoção ou um aumento de salário. Já como empreendedor, se sua empresa vai mal, sua remuneração será menor.

Você não é o centro de tudo

Sendo assim, não será necessário trabalhar nos fins de semana, sem férias, ter de trabalhar mais do que 12 horas por dia. Como empregado, sua obrigação será cumprir o contrato de trabalho e entregar o que esperam de você. O empreendedor, em geral, não têm essa opção.

Você não precisa empregar seu capital

Como empregado, você não precisará investir seu capital na empresa. O empreendedor, contudo, terá de arriscar seu dinheiro.

Será que posso ser empregado e ser empreendedor?

Então surge a pergunta: como posso decidir entre ser empreendedor e ser empregado? Muitos começam como empreendedor enquanto ainda estão empregadas. Então, resposta é sim, você tem a opção de poder ter seu próprio negócio e, ao mesmo tempo, trabalhar como empregado. É evidente que, para isso, deverá ter as condições de conciliar o tempo entre as duas atividades, sem que uma não prejudique a outra.

Essa estratégia é muito boa, uma vez que diminui muito os riscos. Mesmo que tenha gasto investido parte de seu dinheiro no próprio negócio, o fato de estar ainda empregado irá garantir que continue recebendo seu salário. Deve-se ter em mente que, dificilmente, um novo negócio já começa a dar lucro.

Como empreender no Brasil?

Para começar como empreendedor no Brasil é preciso ter o cadastro de pessoas jurídicas (CNPJ). Para abrir uma empresa é preciso contratar um contador para que ele cuide de todo o processo de abertura até o recolhimento de impostos, etc

A grande maioria abre CNPJ individual, ou seja, sem possuir sócios. Essa categoria de empresa é chamado de Micro Empresário Individual (MEI). Para se registrar como MEI, você precisará apenas fazer cadastro no site portaldoempreendedor.com.br.

Em poucos minutos seu CNPJ será registrado e poderá abrir a conta PJ no banco, emitir notas fiscais etc. No entanto, é importante verificar se sua área de negócio está listada entre as mais de 500 atividades permitidas nessa modalidade. Outra informação muito importante: seu faturamento anual não poderá ultrapasse os 60.000 reais por ano.

Chegou a Hora da decisão!

Como foi dito acima, não existe uma SIM ou NÃO para a pergunta “empreender ou ser empregado”.
Para que você possa saber se este pode ser um bom momento para você se tornar um empreendedor, confira o checklist abaixo:

• Você consegue lidar bem com instabilidade financeira?
• Você possui uma reserva financeira?
• Você tem condições de manter seu emprego atual e ser empreendedor ao mesmo tempo?
• Você gosta de tomar decisões?
• Você teria condições de se dedicar 100% para seu negócio?
• Você sonha em abrir uma empresa ou uma loja?
• Você tem medo de arriscar?

Se suas respostas forem sim, pode ser a hora de você começar a levar a sério aquele velho projeto de ser dono do seu próprio negócio.

Nosso site usa cookies para melhorar e personalizar sua experiência e para exibir anúncios (se houver). Nosso site também pode incluir cookies de terceiros como Google Adsense, Google Analytics, Youtube. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies.